PODCAST: Episódio #14 – Os Filmes de Sergio Leone


Clique com o botão direito e salve este episódio.

Chegou a vez de Sergio Leone em nosso podcast. No episódio 14, Fred, Marcelo e Sergio debatem toda a carreira deste grande diretor italiano, que começou fazendo os épicos “Os Últimos dias de Pompéia” e “O Colosso de Rodes” e deixou como último trabalho, o excelente “Era uma Vez na América”(1984).

ep14_sergio_leone

Trilha Sonora: Diversas trilhas compostas por Ennio Morricone para os filmes “Por um Punhado de Dólares”, “Por uns Dólares a Mais”, “Três Homens em Conflitos”, “Era uma Vez no Oeste”, “Quando Explode a Vingança”, “Meu Nome é Ninguém” e “Era uma Vez na América”.

 

Duração: Aprox. 1h 37min.

Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio.

Anúncios

4 comentários sobre “PODCAST: Episódio #14 – Os Filmes de Sergio Leone

  1. Um pouco atrasado mas rs só pra deixar registrado, já que fiquei chocado com algumas opiniões.

    Pra mim, “Três Homens em Conflito” não é só o melhor filme do Leone, é o melhor filme… ponto !!

    Opinião que divido com Quentin Tarantino 😛

    Fora isso, o podcast de vocês é fantástico. É sempre um prazer ouvir conversas sobre cinema em tão alto nivel (y)

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Renato, seja bem vindo. Opiniões variam, mas acho que ninguém aí duvidou de que seja um grande filme. Pode ou não ser considerado seu melhor, certamente está entre eles, assim como EUVNO tb não pode ser descartado dessa corrida, na minha opinião.

      Obrigado pelo comentário e os elogios. Abraços!

      Curtir

  2. Assisti só a trilogia do Western Spaghetti com o Clint,Era uma vez no Oeste e Era uma vez na América.
    Sem lenga lenga eu digo que a melhor obra do Leone é sem dúvida Era uma vez no Oeste.O que me chamou a atenção é que o título só veio no fim.Trilha fantástica do Ennio Morricone.Clint amava o Sergio Leone,tanto que em Os Imperdoáveis.seu último faroeste ele dedica ao Sergio e Don Siegel,seus mestres que o encaminharam para ser uma estrela.Lentidão,Closes bem de perto,violência eram as marcas registradas de Leone.Analisando o uso de violência influenciou Sam Peckinpah e Quentin Tarantino,aliás no último western do Tarantino tem a trilha do Morricone.Antes eu não tinha tanta paciência com filme lento,mas Leone é um mestre na arte de ensinar a importância disso.Era uma vez na América,sua última obra é um interessante retrato sobre gângster.Poucos filmes mas grandes aulas de cinema.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s