PODCAST: Episódio #17 – Os Filmes de Stanley Kubrick – Parte 1


Clique com o botão direito e salve este episódio.

Stanley Kubrick chega ao nosso Podcast! Neste episódio Sergio, Marcelo e Fred fazem aquele habitual bate-papo descontraído sobre a carreira e filmes de um dos maiores diretores da história do cinema. Começamos com uma mini-biografia de Kubrick e avançamos por seus curta-metragens Flying Padre, Day of The Fight e The Seafarers. A conversa segue mais a fundo quando chegamos  nos cinco longas do início da carreira de Kubrick: Medo e Desejo (Fear And Desire), A Morte Passou perto (The Killer’s Kiss), O Grande Golpe (The Killing), Glória feita de sangue (Paths of Glory) e Spartacus (1960). Este é o primeiro de três episódios sobre o diretor.

Trilha Sonora: “Spartacus – Love Theme” composta por Alex North par o filme Spartacus; “Spartacus – Love Theme” interpretada por Bill Evans/Jeremy Steig; “Killer’s Kiss theme“, composta por Gerald Fried para o filme A Morte passou perto; “The Killing Theme”, composta por Gerald Fried para o filme O Grande Golpe; “Paths of Glory theme“, composta por Gerald Fried para o filme Glória Feita de Sangue; “Spartacus – Suite“, composta por Alex North para o filme Spartacus; “Spartacus – Love Theme” interpretada por Carlos Santana no disco The Swing of Delight.
Duração: Aprox. 1h 08min.

VÍDEOS SOBRE ASSUNTOS COMENTADOS NESTE EPISÓDIO


Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio.

3 comentários sobre “PODCAST: Episódio #17 – Os Filmes de Stanley Kubrick – Parte 1

  1. Porra vcs são foda mesmo, parabens pelo podcast, mais diretor foda e injustiçado pela academia, assim como o hicthcock, qual sera o proximo diretor foda que nunca ganhou oscar que vcs vão fazer um podcast?

    Curtir

    • Fala Vinicius! Primeiro agradeço pela divulgação que vc fez lá no filmnow. Pretendemos fazer outros diretores, mas na vdd não importa se foram ou não injustiçados pela academia… rs rs rs

      Mas vc notou algo que não tinha me dado conta, os três que fizemos até agora (Hitchcock, Leone e Kubrick) foram mesmo esnobados.

      Abs!

      Curtir

  2. Bem observado por vcs a narração em off do filme The killing, foi ordenado pelo estudio que achou que o publico não iria entender o filme, mas o Kubrick malandramente deu um jeitinho e transformou a narração em off numa coisa contraditoria, em tão mesmo tendo uma explicação, não estragou o filme. Essa pra mim é a diferença entre o gênio e o medíocre, mesmo na dificuldade imposta pelo estudio consegue achar uma solução.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s