PODCAST: Episódio #18 – O Exorcista

Clique com o botão direito e salve este episódio.

Que dia excelente para um exorcismo! No episódio 18, Marcelo, Fred e Sergio abordam este grande clássico do gênero terror, trazendo suas opiniões e muitas informações sobre o filme e os bastidores da produção. “O Exorcista” foi realizado em 1973 sob a direção de William Friedkin, baseado num romance homônimo de William Peter Blatty, que também produziu e escreveu o roteiro da película. O filme concorreu a dez Oscars e levou duas estatuetas (melhor roteiro adaptado e som), além de ter obtido grande sucesso de bilheteria e ter produzido enorme impacto cultural na época de seu lançamento nos cinemas.

ep18_exorcist

Trilha Sonora: Diversos trechos de músicas utilizadas no filme “O Exorcista”.
Duração: Aprox. 1h 12min.

 VÍDEOS SOBRE COISAS COMENTADAS NESTE EPISÓDIO






Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio.

16 comentários sobre “PODCAST: Episódio #18 – O Exorcista

  1. Por mim poderia ter podcast do filmes classicos toda semana, enfim pra mim é o melhor filme do William friedkin, que venceu o oscar injustamente com Operação frança e tirou a estatueta de stanley kubrick por Laranja mecanica. Nesse ano em em o Exorcista concorreu a melhor filme tambem achei injusto, por que ganhou aquele filme fraquissimo com o paul newman e robert redford. Apesar de ter excelentes filmes no curriculo, são poucas as vezes que o diretor certou a mão que são: Operação frança, O exorcista, Comboio do medo, Parceiros da noite, aí tem um longo hiato na carreira de quase 30 anos ate fazer o excelente Killer Joe matador de aluguel. Sou muito fan do William Friedkin, já alguns criticos como Rubens Ewald filho acham ele uma farsa.

    Curtido por 1 pessoa

    • É Vinicius, o que complica fazermos um podcast semanal é o tempo curto de pesquisa que teríamos para fazer um podcast de qualidade. Todos os participantes fazem este trabalho como hobby, pois tem profissões, família e então não podem se dedicar inteiramente ao cast.

      Mas teremos novidades em breve, publicaremos pequenas resenhas no nosso site para incrementar ainda mais as dicas de filmes clássicos. Aguarde!

      Curtir

      • Gostei do Projeto

        Vou acompanhar o site

        Friedkin é uma verdadeira entidade cinematográfia
        Espero coisados do Losey, Fuller, Ferrara, Cassavetes, Wenders e afins..

        Curtido por 1 pessoa

    • Valeu Fred…

      Também sou aqui do Rio
      Sou cínéfilo até o osso…vejo muita coisa…também tenho uma mega coleção…me identifiquei com o projeto de vocês
      Estou escutando os episódios…gostei bastante…

      Curtir

  2. Valeu Fred, Também sou do Rio

    Sou cinéfilo até osso…coleciono muitos filmes…vejo muita coisa…

    Estou curtindo os episódios

    Curiososo…encontrei o site sem querer…buscava um de filmes clássicos

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Todos gostam deste filme, uma unanimidade em termos de terror, nunca vi o dois e graças a vocês nunca irei vê-lo.
    Sei de uma curiosidade sobre o filme:
    A atriz Mercedes McCambrige ingeriu ovos crus, fumou igual uma chaminé e fez o diabo pra ficar com a voz rouca e demoníaca da menina possuída. Mas os produtores “esqueceram” de colocar o nome dela nos letreiros do filme. A atriz processou o estúdio.
    A pouco tempo vi no Discovery um documentário: Histórias Inacreditáveis em que um participante do exorcismo que inspirou o livro conta a história, é bem legal.
    O filme O Exorcista foi inspirado em um caso real, não envolvendo uma garotinha de 12 anos, mas um menino de 13, conhecido por R., ocorrido em Mount Rainier, no estado de Maryland, subúrbio de Washington, DC.
    A família desesperada pede ajuda a igreja católica. A primeira tentativa de exorcismo acabou em desastre. Ele rasgou o padre do ombro ao pulso com uma mola da cama. Foram necessários mais de 100 pontos o local.
    Entre em cena um estudioso jesuíta que na época tinha 27 anos, Walter Halloran, que estudou na Universidade de Saint Louis e tratou de R.
    Narrando o caso, ele diz que “o garoto cuspia com precisão e acertava seu corpo a 1,5 metros… Certa vez ví uma marca em seu ombro e parecia a caricatura do demônio. Eu podia ver suas mãos e não era ele que fazia… Ouvimos a voz e ela falou que não ia embora até que uma certa palavra fosse dita.”.
    Foram 23 noites seguidas exorcizando o menino, até que na páscoa, uma outra voz tomou o garoto e disse a palavra Dominus. Neste momento ouviu-se um barulho e o garoto ficou curado.
    Valeu.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Quanto a fazer excurções, elas ainda eram feitas, até a internet.
    Moro em uma cidade pequena, que não tem cinema, e quando do filme: Titanic, foi feita para uma cidade vizinha.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Episódio ouvido recente graças à Toca dos Cinéfilos. Esse é, definitivamente, um dos meus filmes favoritos de todos os tempos e uma aula de terror. Sobre o ponto de divergência da discussão (se as cenas no Iraque são realmente relevantes para o filme), particularmente, eu acredito que sim. Pois elas nos apresentam Pazuzu e uma das grandes discussões do filme é imaginar o motivo da possessão de Regan. Dessa forma, a essência má do demônio pode ser uma explicação, já que a menina é inocente.

    Já escrevi um textinho sobre o filme no meu site, vou deixá-lo aqui nesse comentário para quem quiser dar uma lida, mas já adianto, provavelmente não há nada lá que já não tenha sido dito no podcast. O conteúdo de vocês é invejável! Parabéns pelo cast, sigo acompanhando ^^

    http://www.pontojao.com.br/o-exorcista/

    Curtido por 1 pessoa

  6. Um dos melhores episódios de podcast que ja vi.
    Não pude deixar de vir comentar a teoria de estupro da Regan pelo Dennings. No livro, em um dos momentos em que ela está possuída, ela manifesta a “personalidade” do Dennings e relata pra mãe dela que ele escutou gritos dela no quarto, por isso subiu no quarto dela.
    Mas voltando ao ponto, excelente episódio do melhor filme de terror de todos os tempos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s