PODCAST: Episódio #19 – Novos Clássicos

Clique com o botão direito e salve este episódio.

Este é o episódio 19, onde Alexandre, Fred e Sergio se reúnem para fazer uma bela coletânea de novos clássicos do cinema mundial. Por opção dos participantes, o conceito escolhido de “novo clássico” neste episódio diz respieto a filmes lançados nestes últimos 30 anos, ou seja, que aqueles que consideramos clássicos e que foram realizados entre 1985 e 2015. Venha lembrar um pouco sobre diversos  filmes conosco ou colher algumas dicas de filmes que você ainda não teve a oportunidade de ver.

ep19_novos_classicos

Para a lista de filmes citados neste episódio na Filmow.com: clique aqui.
Trilha Sonora: Na abertura do cast, “Misirlou”, música de Dick Dale utilizada em Pulp Fiction. No fechamento, “Layla”, música de Derek and The Dominos utilizada em Os Bons Companheiros. Ao longo do episódio estão também diversas músicas compostas ou utilizadas nos filmes que citamos.
Duração: Aprox. 1h 51min.

 VÍDEO: O CURTA QUE DEVE TER INSPIRADO “FEITIÇO DO TEMPO”


Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio.

Anúncios

24 comentários sobre “PODCAST: Episódio #19 – Novos Clássicos

  1. Ainda não consegui baixar, mas vendo pelo filmow…

    discordo um pouco e acho que faltou alguns filmes…

    Vou fazer uma lista e retorno para discussão…

    Para adiantar senti falta de coisas do:

    Abel Ferra, Claire Dennis, Takeshi Miike, Takeshi Kitano, Johnnie To, KioshiKurosawa, kreeda, Kiarostami, Jarmuch, Abel Ferrara, David Cronenberg, Marco Ferreri, terry Gilliam, Shinya Tsukamoto, Xavier Beauvois, Paul Schrader, Carpenter, Dario argento, Lucio Fulci, Jim Jarmuch, Guillem Morales, Vicente Aranda, Derek Jarman, Raoul Ruiz, Ken Russell, james Gray, Leos Carax, Kim Jee-woon, Nuri Bilge Ceylan, Semih Kaplanoglu, Béla Tarr, Cristi Puiu, Apichatpong Weerasethakul, Fernando León de Aranoa, Ki-duk Kim, Giorgos Lanthimos, Eugène Green, Manoel de Oliveira, Julian Schnabel, Neil Jordan, Agnès Varda ….etc

    Curtir

    • É, como debatemos no episódio, esta lista é extensa, quase interminável, com certeza faltou bastante coisa. Até por isso o nome do episódio é “Novos Clássicos” e não “OS novos clássicos”. Com certeza poderíamos dobrar esta lista de diretores que vc colocou aí, mas também temos que nos perguntar o que escolhemos chamar de “clássicos”. Por exemplo, citando um dos diretores que vc colocou, o Apichatpong Weerasethakul… “Mal dos Trópicos” pode ser um filme um tanto cultuado, mas seria um clássico? É questão de ponto de vista, claro, irá sempre passar por uma avaliação pessoal…

      Mas obrigado pela contribuição, certamente muitos dos filmes destes diretores citados se encaixariam na lista.

      Curtir

  2. Isso acontece…as únicas ausências mais alarmantes foram dos diretores Abel Ferrara, David Cronenberg,John Carpenter e Jim Jarmush

    vou fazer uma lista…é muito filme bom para assitir…hehe…fica difícil…

    Curtido por 1 pessoa

  3. Fred,

    Encontrei uma lista no meu celular…filtrei apartir de 1985
    Gostei de 90% da lista de vocês e acrescento estes filmes…para mim…todos jovens clássicos…

    1985 Demons – Filhos das Trevas – Lamberto Bava
    1985 Mishima – Uma Vida em Quatro Capítulos – Paul Schrader
    1985 Quando Papai Saiu em Viagem de Negócios – Emir Kusturica
    1985 Raio Verde, O – Eric Rohmer
    1985 Ran – Akira Kurosawa
    1985 Re-Animator – Stuart Gordon
    1985 Rendez-Vous – André Téchiné
    1985 Tokyo-Ga – Wim Wenders
    1985 Vá e Veja – Elem Klimov
    1986 Aliens – O Resgate – James Cameron
    1986 Apicultor, O – Theodoros Angelopoulos
    1986 Filme Demência – Carlos Reichenbach
    1986 Jean de Florette – Claude Berri
    1986 Monalisa – Neil Jordan
    1986 Platoon – Oliver Stone
    1986 Sacrifício,O – Andrei Tarkovsky
    1987 Asas do Desejo – Wim Wenders
    1987 Barriga do Arquiteto, A – Peter Greenaway
    1987 Cobra Verde – Werner Herzog
    1987 Coração Satânico – Alan Parker
    1987 Esperança e Glória – John Boorman
    1987 Intocáveis – Brian De Palma
    1987 Veludo Azul – David Lynch
    1987 Vivos e os Mortos. Os – John Huston
    1988 Alice – Jan Svankmajer
    1988 Assunto de Mulheres, Um – Claude Chabrol
    1988 Condenação – Béla Tarr
    1988 Eles Vivem – John Carpenter
    1988 Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos – Pedro Almodóvar
    1988 Não Amarás – Krzysztof Kieslowski
    1988 Navigator – Uma Odisseia no Tempo – Vicent Ward
    1988 Paisagem na Neblina – Theodoros Angelopoulos
    1988 Tênue Linha da Morte , A – Errol Morris
    1988 Última Tentação de Cristo ,A – Martin Scorsese
    1988 Urso, O – Jean-Jacques Annaud
    1989 Catedral, A – Michele Soavi
    1989 Drugstore Cowboy – Gus Van Sant
    1989 O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante – Peter Greenaway
    1989 Serviço de Entregas da Kiki, O – Hayao Miyazaki
    1989 Sexo, Mentiras e Video Tape – Steven Soderbergh
    1989 Trem Mistério – Jim Jarmuch
    1990 A Menina da Fábrica de Fósforos – Aki Kaurismäki
    1990 Anjo em Minha Mesa, um – Jane Campion
    1990 Bala na Cabeça – John Woo
    1990 Cat in the Brain – Lucio fulci
    1990 Não Durma Nervoso – Charles Burnett
    1990 Noite dos Mortos-Vivos, A – Tom Savini
    1990 Q & A – Sem Lei, Sem Justiça – Sidney Lumet
    1990 Uma Estranha Passagem Em Veneza , Uma – Paul Schrader
    1991 Amantes da Pont-Neuf, Os – Leos Carax
    1991 Bela Intrigante, A – Jacques Rivette
    1991 Lanternas Vermelhas – Yimou Zhang
    1991 Malina – Werner Schroeter
    1991 Rei de Nova York, O – Abel Ferrara
    1992 Jogador, O – Robert Altman
    1992 Perdas e Danos – Louis Malle
    1992 Sucesso a Quaque Preço – James Foley
    1992 Vício Frenético – Abel Ferrara
    1993 Adeus Minha Concubina – Kaige Chen
    1993 Cronos – Guillermo Del Toro
    1993 Diário de Um Vício – Marco Ferreri
    1993 Intruso, O – Vicente Aranda
    1993 Pagamento Final, O – Brian De Palma
    1993 Short Cuts – Cenas da Vida – Robert Altman
    1994 Sol Enganador – Nikita Mikhalkov
    1994 À Beira da Loucura – John Carpenter
    1994 Anna dos Seis aos Dezoito – Nikita Mikhalkov
    1994 Através das Oliveiras – Abbas Kiarostami
    1994 Através das Oliveiras – Abbas Kiarostami – Cópia
    1994 Crumb – Terry Zwigoff
    1994 Pelo Amor e pela Morte – Michele Soavi
    1994 Uma Simples Formalidade – Giuseppe Tornatore
    1995 Dead Man – Jim Jarmusch
    1995 Fogo Contra Fogo – Michael Mann
    1995 Underground – Mentiras de Guerra – Emir Kusturica
    1995 Viciosos, Os – Abel Ferrara
    1996 Crash – Estranhos Prazeres – David Cronenberg
    1996 Terra – Julio Medem
    1996 Tese – Alejando Amenábar
    1996 Trainspotting – Sem Limites – Danny Boyle
    1997 Boogie Nights – Prazer Sem Limites – Paul Thomas Anderson
    2010 Caverna dos Sonhos Esquecidos, A – Werner Herzog
    2010 Doce Olhar,Um – Semih Kaplanoglu
    2010 Estranho Caso de Angélica, O – Manoel de Oliveira
    2010 Eu Vi o Diabo – Jee-woon Kim
    2010 Homens e Deuses – Xavier Beauvois
    2010 Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas
    2011 Cavalo de Turim, o – Bela Tárr, Ágnes Hranitzky
    2011 Kill List – Ben Wheatley
    2011 Killer Joe – Matador de Aluguel – William Friedkin
    2011 Shame – Steve McQueen
    2012 Além das Montanhas – Cristian Mungiu
    2012 Cosmópolis – David Cronenberg
    2012 Holy Motors – Leos Carax
    2012 Mestre, O – Paul Thomas Anderson
    2013 Imigrante, A – James Gray
    2013 Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum – Ethan Coen, Joel Coen

    Curtir

  4. Desconsidere a 1ª…esta é a correta

    Todos jovens clássicos

    1985 Demons – Filhos das Trevas – Lamberto Bava
    1985 Mishima – Uma Vida em Quatro Capítulos – Paul Schrader
    1985 Quando Papai Saiu em Viagem de Negócios – Emir Kusturica
    1985 Raio Verde, O – Eric Rohmer
    1985 Ran – Akira Kurosawa
    1985 Re-Animator – Stuart Gordon
    1985 Rendez-Vous – André Téchiné
    1985 Tokyo-Ga – Wim Wenders
    1985 Vá e Veja – Elem Klimov
    1986 Aliens – O Resgate – James Cameron
    1986 Apicultor, O – Theodoros Angelopoulos
    1986 Filme Demência – Carlos Reichenbach
    1986 Jean de Florette – Claude Berri
    1986 Monalisa – Neil Jordan
    1986 Platoon – Oliver Stone
    1986 Sacrifício,O – Andrei Tarkovsky
    1987 Asas do Desejo – Wim Wenders
    1987 Barriga do Arquiteto, A – Peter Greenaway
    1987 Cobra Verde – Werner Herzog
    1987 Coração Satânico – Alan Parker
    1987 Esperança e Glória – John Boorman
    1987 Intocáveis – Brian De Palma
    1987 Veludo Azul – David Lynch
    1987 Vivos e os Mortos. Os – John Huston
    1988 Alice – Jan Svankmajer
    1988 Assunto de Mulheres, Um – Claude Chabrol
    1988 Condenação – Béla Tarr
    1988 Eles Vivem – John Carpenter
    1988 Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos – Pedro Almodóvar
    1988 Não Amarás – Krzysztof Kieslowski
    1988 Navigator – Uma Odisseia no Tempo – Vicent Ward
    1988 Paisagem na Neblina – Theodoros Angelopoulos
    1988 Tênue Linha da Morte , A – Errol Morris
    1988 Última Tentação de Cristo ,A – Martin Scorsese
    1988 Urso, O – Jean-Jacques Annaud
    1989 Catedral, A – Michele Soavi
    1989 Drugstore Cowboy – Gus Van Sant
    1989 O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante – Peter Greenaway
    1989 Serviço de Entregas da Kiki, O – Hayao Miyazaki
    1989 Sexo, Mentiras e Video Tape – Steven Soderbergh
    1989 Trem Mistério – Jim Jarmuch
    1990 A Menina da Fábrica de Fósforos – Aki Kaurismäki
    1990 Anjo em Minha Mesa, um – Jane Campion
    1990 Bala na Cabeça – John Woo
    1990 Cat in the Brain – Lucio fulci
    1990 Não Durma Nervoso – Charles Burnett
    1990 Noite dos Mortos-Vivos, A – Tom Savini
    1990 Q & A – Sem Lei, Sem Justiça – Sidney Lumet
    1990 Uma Estranha Passagem Em Veneza , Uma – Paul Schrader
    1991 Amantes da Pont-Neuf, Os – Leos Carax
    1991 Bela Intrigante, A – Jacques Rivette
    1991 Lanternas Vermelhas – Yimou Zhang
    1991 Malina – Werner Schroeter
    1991 Rei de Nova York, O – Abel Ferrara
    1992 Jogador, O – Robert Altman
    1992 Perdas e Danos – Louis Malle
    1992 Sucesso a Quaque Preço – James Foley
    1992 Vício Frenético – Abel Ferrara
    1993 Adeus Minha Concubina – Kaige Chen
    1993 Cronos – Guillermo Del Toro
    1993 Diário de Um Vício – Marco Ferreri
    1993 Intruso, O – Vicente Aranda
    1993 Pagamento Final, O – Brian De Palma
    1993 Short Cuts – Cenas da Vida – Robert Altman
    1994 Sol Enganador – Nikita Mikhalkov
    1994 À Beira da Loucura – John Carpenter
    1994 Anna dos Seis aos Dezoito – Nikita Mikhalkov
    1994 Através das Oliveiras – Abbas Kiarostami
    1994 Crumb – Terry Zwigoff
    1994 Pelo Amor e pela Morte – Michele Soavi
    1994 Uma Simples Formalidade – Giuseppe Tornatore
    1995 Dead Man – Jim Jarmusch
    1995 Fogo Contra Fogo – Michael Mann
    1995 Underground – Mentiras de Guerra – Emir Kusturica
    1995 Viciosos, Os – Abel Ferrara
    1996 Crash – Estranhos Prazeres – David Cronenberg
    1996 Terra – Julio Medem
    1996 Tese – Alejando Amenábar
    1996 Trainspotting – Sem Limites – Danny Boyle
    1997 Boogie Nights – Prazer Sem Limites – Paul Thomas Anderson
    1997 Cure – Kiyoshi Kurosawa
    1997 Donnie Brasco – Mike Newell
    1997 Estrada Perdida, A – David Lynch
    1997 Nó na Garganta – Neil Jordan
    1998 Além da Linha Vermelha – Terrence Malick
    1998 Depois da Vida – Hirokazu Koreeda –
    1998 Eternidade e um Dia, A – Theodoros Angelopoulos
    1998 Medo e Delírio – Terry Gilliam
    1998 Outra História Americana, A – Tony Kaye
    1999 Ghost Dog – Matador Implacável – Jim Jarmusch
    1999 Jogo da Vingança – Johnnie To
    1999 Meu Melhor Inimigo – Werner Herzog
    1999 Mulher e o Atirador de Facas, A – Patrice Leconte
    1999 Tempo Redescoberto, O – Raoul Ruiz
    1999 Teste Decisivo – Takashi Miike
    1999 Tudo Sobre Minha Mãe – Pedro Almodóvar
    2000 Amor a Flor da Pele – Kar Wai Wong
    2000 Antes do Anoitecer – Julian Schnabel
    2000 Coisas Simples da Vida, As – Edward Yang
    2000 Pão e Tulipas – Silvio Soldini
    2000 Réquiem Para um Sonho – Darren Aronofsky
    2000 Snatch – Porcos e Diamantes – Guy Ritchie
    2001 Ichi – O Assassino – Takashi Miike
    2001 Pantano – lucrecia Martel
    2001 Professora de Piano, A – Michael Haneke
    2001 Terra de Ninguém – Danis Tanovic
    2002 Adaptação – Spike Jonze
    2002 Herói – Yimou Zhang
    2002 Segunda-feira ao Sol – Fernando León de Aranoa
    2002 Serpentes de Junho – Shinya Tsukamoto
    2002 Tiros em Columbine – Michael Moore
    2003 Oldboy – Chan-wook Park
    2003 Primavera, Verão, Outono, Inverno e Primavera – Ki-duk Kim
    2004 Casa Vazia – Ki-duk Kim
    2004 Castelo Animado – Hayao Miyazaki
    2004 Contra a Parede – Fatih Akin
    2004 El Habitante Incierto – Guillem Morales
    2004 Evillenko – David Grieco
    2004 Intruso, O – Claire Dennis
    2004 Team America – Detonando o Mundo –
    2004 Todo Mundo Quase Morto – Edgar Wright
    2005 Caché – Michael Haneke
    2005 Eleição – O Submundo do Poder – Johnnie To
    2005 Homem Urso, O – Werner Herzog
    2005 Morte do Sr Lazarescu, A – Cristi Puiu
    2007 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias – Cristian Mungiu
    2007 Beaufort – Joseph Cedar
    2007 Donos da Noite, Os – James Gray
    2008 3 Macacos – Nuri Bilge Ceylan
    2008 35 Doses de Rum – Claire Dennis
    2008 Fome – Steve McQueen
    2008 Gran Torino – Clint Eastwood = DVD
    2008 Praias de Agnès – Agnès Varda
    2008 Serviço – Brillante Mendoza
    2008 Tony Manero – Pablo Larraín
    2009 Cidadão Boilesen – Chaim Litewski
    2009 Dente Canino – Giorgos Lanthimos
    2009 Profeta, O – Jacques Audiard
    2010 Assassino em Mim – Michael Winterbottom
    2010 Caverna dos Sonhos Esquecidos, A – Werner Herzog
    2010 Doce Olhar,Um – Semih Kaplanoglu
    2010 Estranho Caso de Angélica, O – Manoel de Oliveira
    2010 Eu Vi o Diabo – Jee-woon Kim
    2010 Homens e Deuses – Xavier Beauvois
    2010 Tio Boonmee, que Pode Recordar Suas Vidas Passadas
    2011 Cavalo de Turim, o – Bela Tárr, Ágnes Hranitzky
    2011 Kill List – Ben Wheatley
    2011 Killer Joe – Matador de Aluguel – William Friedkin
    2011 Shame – Steve McQueen
    2012 Além das Montanhas – Cristian Mungiu
    2012 Cosmópolis – David Cronenberg
    2012 Holy Motors – Leos Carax
    2012 Mestre, O – Paul Thomas Anderson
    2013 Imigrante, A – James Gray
    2013 Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum Ethan Coen, Joel Coen

    Curtido por 1 pessoa

  5. Boa lista, Rodrigo, muitos aí não são acréscimos, pois mencionamos em nossa lista, como “RAN”, “Sucesso a Qualquer preço”, “Caché” entre outros, etc. Vi muita coisa daí mas tem muita coisa que eu não vi tb e tem algumas coisas que eu discordo, o que é natural, nenhuma lista vai ter aprovação de todo mundo.

    Mas é isso aí, bacana vc ter compartilhado sua lista! É muito filme nessa vida, vou precisar de mais umas 4 encarnações pra ver tudo que eu quero…

    Curtir

  6. Fred… escutei agora

    Entendi a proposta…filmes com grande sucesso de público e crítica. Gostei bastante…

    A minha lista vale como recomendação…alguns são bem obscuros…indico todos eles…

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    • Isso aí Rodrigo, esse foi mais o espírito da coisa… Eu mesmo refutei ao citar filmes que eu adoro, como “Caché” por exemplo, pois não sabia se entrava nessa proposta que havíamos combinado….

      Curtir

  7. Talvez clássico para mim seja aquele filme que acredito ser essencial para alma cinéfila…

    Não acredito que um cinéfilo possa não gostar de filmes como: Casa Vazia(Ki-duk Kim), Primavera, Verão, Outono, Inverno e Primavera(Ki-duk Kim) Eu Vi o Diabo(Jee-woon Kim), 3 Macacos(Nuri Bilge Ceylan)

    São filmes proporcionaram esperança aos que esperam “arte em estado bruto” no cinema…

    Curtido por 1 pessoa

  8. Muito bom podcast, Alexandre voltou com toda força (e até fez uma providencial defesa de “Titanic” na minha ausência, he, he), provando que o podcast tem tudo para ter vida longa. Essas listas são pessoais e eternamente polêmicas mesmo, e essa é uma das graças do negócio. Mas acho que todos os citados foram filmes que marcaram bastante. Parabéns e abraços…

    Curtido por 1 pessoa

  9. Para mim clássico é o filme que marca uma época ou que não envelhecem, conforme vocês comentaram. Titanic é clássico, mesmo que vocês não gostem do filme. Foram citados alguns que são mais cults do que clássicos, os filmes dos irmãos Cohen, por exemplo, como Fargo e Big Lebowski.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Que felicidade ouvir o podcast de vocês! Mais um ótimo episódio. Eu destacaria como novos clássicos os filmes do Paul Thomas Anderson como: Magnólia, Embriagado de Amor, Jogada de Risco, Sangue Negro, O Mestre e Vício Inerente. Gaspar Noé: Sozinho Contra Todos, Irreversível e Enter the Void. Lukas Moodysson: Amigas de Colégio. Todd Solondz: Felicidade. Hal Hartley: Confiança.

    Curtido por 2 pessoas

  11. Oi, esse assunto é algo que ao vermos nos disperta alegria. Falaremos de algo que nos apaixona e nosso próximo sentimento é o de defesa, pois já sabemos que teremos que defender nossa opinião, discordado da de outros, algo bem característico da paixão, que me recorda um cineasta que está neste podcast , para mim o cineasta das paixões, mas tentarei comentar um a um e chegarei a ele.

    1: Pulp Fiction. Não sei se vocês comentaram, mas este ano comemoram-se 25 anos da vitória de Tarantino em Cannes. Tentarei não falar nos comentários os que “deveriam” estar na lista, para não me alongar, portanto, este é um bom representante do Tarantino.

    2: Os Bons Companheiros. Como vocês sitaram,abrirei um parenteses e citarei um que talvez seja o melhor de Scorcese, e até já seja clássico, não precise mais da epigrafe de novo: Táxi Driver. Para mim o melhor dele.

    3:Cidade de Deus. Neste, infelizmente irei um pouco me longar, e citarei alguns. Reconheço que é um ótimo filme, com méritos para o roteiro, e principalmente, ao meu ver, para a montagem o melhor do filme. Mas infelizmente, não é por esse motivo que ele recebeu uma grande audiência e sim pela violência, algo que já é produto de exportação do Brasil, e levando em conta que para mim clássico é algo que gostariamos que perdure, talvez sua violência não se sustente. Prefiro e torço para que filmes como: Abril Despedaçado, e o “recente”: A Festa da Menina Morta vençam melhor o tempo, e recebam o status de clássico, sendo mais vistos.

    4: L.A. Cidade Proibida. Concordo com vocês, porém, infelizmente, ele não foi tão assistido, nem será, devido a seu formato, por ser um filme de diálogos muito rápidos, parece que atingirá o público de um cult, talvez graças a blogs como o de vocês chegue a ser um clássico.

    5: Cinema Paradiso. Já nasceu clássico. Mérito do realizador, que conseguiu conceber algo novo com alma antiga, penso como foi o sentimento do Tornatori ao vê-lo pela primeira vez. Um filme dentro de outro filme, nós o reflexo do que está acontecendo na tela.

    6:Fale com Ela. Cheguei ao filme do “cineasta das paixões”. Tem um poeta mexicano que disse: “O Homem não suporta a realidade, por isso ele gosta e odeia, cria e destrói, chora e ri, ama e mata”, parecem ser esses os homens e mulheres retratados por Almodóvar, eles chegam até nós através de suas paixões e desfilam diante de nós como em um palco. Nós por vezes nos identificamos com suas fraquezas, e até entendemos suas loucas reações, são as de uma pessoa perdida neste mundo louco em que somos atirados. Quando não os entendemos, nos espantamos com atitudes e reações inesquecíveis, como as desse filme. Dele eu citária mais de um.

    7: Os Imperdoáveis: Um filme que ressuscita um gênero. Como colocado por vocês ele desmistificou o oeste, coisa que muito bem fez outro ótimo filme: O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford.

    8: Sociedade dos Poetas Mortos. Para mim um bom filme, não o colocaria no lugar de clássico, porque me passa a idéia de ser apenas um filme bem amarrado ao vê-lo, acredito que mal envelhecerá ao revê-lo daqui a alguns anos. Vale pela dica do escritor. Leiam Withman.

    9: Rei Leão. Não gosto, reconhece seu sucesso, mais prefiro bem mais os de Hayau Miyazaki.

    10: Ran. Concordo, bela adaptação da obra de Shakespeare, , que visual fantástico, esse só é novo clássico devido sua idade, certamente será “apenas” clássico daqui a alguns anos, assim como já são clássicos vários filmes deste espetácular diretor, seus filmes são sutis na atuação, precisando deste reconhecimento para serem devidamente apreciados, carregam uma caracteristica do cinema japonês, que esse mestre ajudou a levar ao mundo.

    Desculpem não conseguir ser mais sucinto.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Excelente lista de clássicos atuais.Acredito que concordo com quase tudo.
    Minha lista de clássicos novos.
    Filmografia de Robert Altman,Filmografia de Woody Allen,Rapsódia em Agosto,Madadayo,Carlota Joquina-Princesa do Brasil,Indochina,Amigas de Colégio,Jornada nas Estrelas (fase Capitão Kirk e série clássica),Auto da Compadecida,Escafandro e a borboleta,Antes da Chuva,Depois da Chuva,Filhos do Paraíso,Onde fica a casa do meu amigo,A Maçã,Shirley Valentine,vários curtas-metragens (aliás gostaria de sugerir um post especial sobre eles) como:Ilha das Flores.
    Outros como filmografia dos Trapalhões e do Terence Hill e Bud Spencer.
    Formiguinhaz,A Princesa e o Sapo,Gandhi,Chaplin,Donnie Darko,As Horas,Adaptação,Os Sonhadores,Sexto Sentido,Corpo Fechado,Sinais,Trainspotting,Hotel Ruanda,Paixão de Cristo,Boyhood,O Urso,filmes do Benji.
    São tantos!

    Curtir

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s