Resenha #22 – A Dama do Lago (Lady in the Lake, 1947)

Este é mais um dos romances policiais de Raymond Chandler com o detetive particular Phillip Marlowe como protagonista que foi adaptado para as telas do cinema.  A obra mais conhecida, sem dúvidas, é “À Beira do Abismo” (“The Big Sleep”, de 1946), no qual Humphrey Bogart personifica o debochado Marlowe. Já antes, em 1944, Edward Dmytryk filmava “Até a Vista, Querida” (“Murder, My Sweet”), com Dick Powell no papel principal.

 

Em “A Dama do Lago”, como costumeiro em Chandler, a trama é extremamente confusa e, por vezes, cansativa.  Apesar disso o filme é atraente, especialmente pelo recurso da câmera subjetiva, que em quase todo o filme nos mostra os acontecimentos sob a perspectiva de Marlowe (Robert Montgomery, que também é o diretor).  Só podemos ver o ator no início do filme, quando ele faz uma breve introdução do que estava por vir e, depois, quando se olha no espelho.

 

Este recurso foi usado, em menor escala, um ano depois, por Delmer Daves, no início de “Prisioneiro do Passado” (“Dark Passage“), com Bogart e Lauren Bacall. A narrativa subjetiva é uma das características quase sempre presentes nos filmes noir.  Aqui, porém, ela é levada ao extremo, tomando a dimensão visual também. Para quem é fã de Bogart e viu primeiro “À Beira do Abismo”, fica difícil gostar de outro ator no papel de Marlowe.  Se já tinha ficado com essa impressão ao ver “Murder, My Sweet”, agora tive certeza.

 

Os coadjuvantes (que na verdade acabam quase sendo os atores principais, já que eles é que aparecem em 99% do filme) não chegam a comprometer, mas a bela Audrey Totter, por vezes exagera nas suas “caras & bocas”.  Curioso é ver Lloyd Nolan num papel de vilão, ele que em vários outros filmes interpretou infalíveis agentes do FBI.

 

por Alexandre Cataldo

2 comentários sobre “Resenha #22 – A Dama do Lago (Lady in the Lake, 1947)

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s