PODCAST: Episódio #53 – Bond Clássico – Parte 2

Clique com o botão direito e salve este episódio.

O episódio 53 é sobre o que entendemos ser a segunda parte “clássica” da franquia 007. Alexandre e Fred recebem de volta Marcelo Rennó para debater os sete filmes estrelados pelo ator Roger Moore: começamos em “Com 007, Viva e deixe Morrer” (Live And Let Die, 1973) e seguimos por “007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro” (The Man With The Golden Gun, 1974), “007 – O Espião Que Me Amava” (The Spy Who Loved Me, 1977), “007 Contra o Foguete da Morte” (Moonraker, 1979), “007 – Somente Para Seus Olhos” (For Your Eyes Only, 1981), “007 Contra Octopussy” (Octopussy, 1983) e terminamos com “007 Na Mira dos Assassinos” (A View To a Kill, 1985). Exploramos também a produção paralela que teve Sean Connery de volta na pele do agente secreto James Bond em 1983, no filme “007 – Nunca Mais Outra Vez (Never Say Never Again, 1983).

Trilha Sonora: Músicas compostas para os filmes da franquia abordados neste episódio.

Duração: Aprox. 2h e 14min.


Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio. Clique nas fotos da galeria para ver as descrições.


 VÍDEOS QUE COMPLEMENTAM ESTE EPISÓDIO

A história por trás da famosa cena dos saltos sobre os crocodilos e as tentativas do dublê em “Com 007 Viva e Deixe Morrer”.

O sensacional trabalho de dublês na cena com o carro que gira 360º em “007 Contra o Homem Com a Pistola de Ouro”.

A sequência pré-créditos de “007, O Espião que me Amava”.

Talvez a melhor sequência de abertura de um filme de 007 em “007 Contra o Foguete da Morte”.

A sequência de perseguição de lancha, da Amazônia à Foz do Iguaçu em “007 Contra o Foguete da Morte”.

A cena do penhasco de “007 – Somente Para Seus Olhos”.

A sequência de perseguição com o Taxi de Paris em “007 Na Mira dos Assassinos”.


Anúncios

3 comentários sobre “PODCAST: Episódio #53 – Bond Clássico – Parte 2

  1. Fico grato pela justiça com a qual vcs tratam o Roger Moore como James Bond. Só tenho visto críticos reclamando de ele ser um palhaço e seus filmes serem exagerados. Eu os considero superiores aos do Sean Connery, principalmente em questão de roteiro e aventura e o tipo do Roger Moore um James Bond menos brutamontes, mais intelectual.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Moore teve sua época e bem aproveitada como James Bond.Na série comandada por Broccoli fez 7 vezes o Connery 6 e uma interpretação do personagem sem ser do Broccoli.Moore acrescentou mais humor a série.E pensar que ele era pra ser antes do Connery.Ainda assim não fez feio.

    Curtir

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s