Resenha #84 – Terrível Suspeita (The House on Telegraph Hill, 1951)

O diretor Robert Wise tem como seu principal mérito o fato de ter feito bons filmes em quase todo tipo de gênero, como ficção-científica (“O Dia em Que a Terra Parou”), musicais (“Amor, Sublime Amor” e “A Noviça Rebelde”), terror (“The Body Snatcher”), guerra (“Ratos do Deserto”), drama (“Quero Viver!”).   noir (“Punhos de Campeão” e “Nascido para Matar”), dentre outros.

“Terrível Suspeita”, que ele dirigiu em 1951, não é um filme ruim, mas peca por não manter um bom ritmo até o final, chegando a ficar enfadonho na segunda metade, quando é construído enorme suspense mas o desfecho é previsível.

A história é contada em flashback, na narrativa da protagonista.  Victoria Kowelska (Valentina Cortese), uma polonesa prisioneira de um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial que faz planos ambiciosos para o caso de conseguir sair com vida dali.  Após a liberação pelos Aliados, assume a identidade de uma amiga morta no confinamento, a qual possuía parentes ricos em San Francisco e parte para lá, afim de se passar por ela.

Valentina Cortese está um pouco cansativa com seu sotaque polonês forçado.  Já o papel masculino principal é de Richard Basehart, que não chega a ser um grande ator.  Ambos se conheceram neste filme e logo depois se casariam.  Incrivelmente, porém, não transferiram a química da vida real para as telas.

O que mais me chamou a atenção neste filme é que há similaridades com dois bons filmes de Hitchcock:  “Rebecca” e “Suspeita”.  Do primeiro, temos a mansão opressiva; a nova dona da casa que chega; a governanta soturna e ameaçadora, que parece se sentir a dona da casa.  Do segundo, os indícios de que o marido quer matar a esposa (inclusive com direito a close em copo de bebida possivelmente envenenado, embora aqui se trate de suco de laranja, e não do copo de leite hitchcockiano).  Claro que nem chega aos pés dos dois filmes de Hitchcock, mas não deixa de ser interessante tal constatação.

por Alexandre Cataldo

Anúncios

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s