PODCAST: Episódio #63 – Tubarão

Clique com o botão direito e salve este episódio.

O episódio 63 do Podcast Filmes Clássicos chega em águas turbulentas, com Alexandre e Fred recebendo a bordo dois voluntários para debater um dos maiores sucessos de bilheteria de todos os tempos e o primeiro filme a superar a marca de U$ 100 milhões em arrecadação nos Estados Unidos. O cinéfilo Sergio Gonçalves e a apresentadora do canal do Youtube, “Luz, Câmera, Arte”, Rachel Rocha (primeira voz feminina a surfar nas ondas do PFC) se juntam ao barco para nos ajudar com “Tubarão” (Jaws, 1975), o clássico de Steven Spielberg que não só catapultou a carreira de um dos mais bem sucedidos diretores americanos, mas também promoveu o início do fim da chamada “Nova Hollywood“. Acompanhe este papo imperdível sobre mais um clássico eterno do cinema mundial e traga seu colete salva-vidas e cilindro de oxigênio (de preferência acompanhado de um rifle) para embarcar no “Orca” com a gente!  

Trilha Sonora: Trilha Sonora composta por John Williams para o filme “Tubarão“.
Duração: Aprox. 1h e 30 min.

Acesse esta galeria para ver algumas imagens que ilustram coisas comentadas neste episódio. Clique nas fotos da galeria para ver as descrições.


 VÍDEOS QUE COMPLEMENTAM ESTE EPISÓDIO

A cena da morte da segunda vítima do “peixe ruim”.

Steven Spielberg no set de “Tubarão”. Documentário feito à época.

Cenas deletadas de “Tubarão”.

Steven Spielberg assiste as indicações ao Oscar de 1976.

John Williams recebe seu Oscar por melhor trilha sonora.

Verna Fields recebe seu Oscar por melhor montagem.


Anúncios

7 comentários sobre “PODCAST: Episódio #63 – Tubarão

  1. Show de bola o podcast. Só não concordei com as bordoadas no Richard Dreyfuss…rs. Entre os grandes filmes com Roy Scheider faltou apontar Marathon Man/Maratona da Morte (1976)

    Amigos, em meados do ano passado eu sugeri aqui um podcast sobre Samuel Fuller ou Robert Aldrich. Vocês me informaram que a programação ja tava definida até o final do ano, mas que a sugestão seria apreciada.

    E aí ? Será que rola ?

    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Otávio…

      Eu iria além: entre os grandes papéis do Roy Scheider faltou um dos melhores, que ele faz em “All That Jazz”, do Bob Fosse… Mas é aquilo, fica difícil lembrar de tudo… Eu mesmo só lembrei deste quando estava editando o cast…

      Eu particularmente não sou grande fã do Aldrich, mas quando chegar a vez dele, eu faria o podcast claro… Fuller já acho um diretor mais interessante… Mas são tantas coisas que acaba que fica difícil adequar todo mundo, mas uma hora chega… Só pra ver… Já temos aí quase 3 anos de podcast e ainda não falamos de Casablanca e tantos outros filmaços e diretores…

      um abraço!

      Curtir

      • Sério, não gosta mesmo do Aldrich ?? O Imperador do Norte, Os Doze Condenados, O Que Terá Acontecido a Baby Jane, O Último Pôr do Sol, O Vôo do Fênix, Vera Cruz, Apache…nada, nada ????

        Rapaz…..rs

        Curtir

      • Olha… De todos estes, não vi Apache e O imperador do norte. Todos os outros acho bons filmes, mas não me enchem os olhos a ponto de classificá-lo como um diretor de primeiro time. Alguns destes aí já vi e revi muitas vezes, como Os Doze Condenados, Vera Cruz e O Voo do Fênix, que considero uma baita atuação do James Stewart e do Hardy Krueger. Mas meu apreço por estes filmes foram decaindo com o tempo, ao contrário de outros que tomaram a direção contrária.

        Curtir

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s