PODCAST: Episódio #87 – George Stevens: A Trilogia Americana

Clique com o botão direito e salve este episódio.

Alexandre e Fred se reúnem mais uma vez para fazer uma trilogia, desta vez a chamada “Trilogia Americana”, três clássicos absolutos de Hollywood lançados na década de 50 e dirigidos pelo californiano George Stevens. Considerado por Chaplin um retrato fiel da América de então, “Um Lugar ao Sol” (A Place in the Sun) chegou aos cinemas em 1951 trazendo juntos pela primeira vez Montgomery Clift e Elizabeth Taylor, assim também como foi importante na carreira de Shelley Winters. Um clássico de seu próprio gênero, “Os Brutos Também Amam” (Shane, 1953) fez história ao ver o oeste americano através dos olhos de uma criança e trouxe de volta aos holofotes o ator Alan Ladd. O terceiro filme, de 1956, foi “Assim Caminha a Humanidade” (Giant), um ótimo épico sobre o Texas e contou não só com a volta de Elizabeth Taylor num filme de Stevens, mas com a presença marcante de Rock Hudson e a despedida do cinema de James Dean, que ao final da produção sofreu um acidente de carro fatal.

Trilha Sonora: Trilha Composta por Franz Waxman para o filme “Um Lugar Ao Sol”, trilha composta por Victor Young para “Os Brutos também amam” e trilha composta por Dimitri Tiomkin para “Assim Caminha a Humanidade”.
Duração: Aprox. 1 h e 52 min.

VÍDEOS QUE COMPLEMENTAM ESTE EPISÓDIO

A cena do lago de “Um Lugar ao Sol”, comentada em nosso episódio.

Uma introdução a “Os Brutos Também Amam”.

Um pouco sobre a morte de James Dean.


Anúncios

4 comentários sobre “PODCAST: Episódio #87 – George Stevens: A Trilogia Americana

  1. Assisti aos três e gostei de todos.Certas trilogias não tem nada a ver com continuação e essa trilogia ficou muito show.São adaptações de livros todas as três e só li o da Edna Ferber que remete ao título original Gigante que no filme se chama Assim Caminha a humanidade.Acredito que Shane seria melhor que os Brutos também amam por quê de bruto o personagem de Ladd não tem nada e é um faroeste diferente que foge dos esteriótipos sem contar os cenários e fotografia maravilhosos.Um Lugar ao Sol tinha uma jovem Elizabeth Taylor em ascenção e o reconhecimento do trabalho de Montgomery Clift,que ficaram muito amigos e ela até ajudou a cuidar dele depois do acidente de carro.O que falar da filmografia de Stevens nesses três filmes ótimos.Show de bola.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s