PODCAST: Episódio #130 – Roberto Rossellini

Clique com o botão direito e salve este episódio.

Em meio à crise da COVID-19, Alexandre e Fred fazem uma viagem fílmica à Itália, onde junto com o crítico Rafael Amaral (blog “Palavras de Cinema”) debatem a chamada trilogia da guerra, do cineasta Roberto Rossellini.  O foco deste episódio fica nos clássicos “Roma, Cidade Aberta” (Roma, Città Aperta, 1945), tido como o filme seminal do “Neo Realismo” no cinema, “Paisà” (1946) longa episódico que Rossellini fez logo em seguida e “Alemanha Ano Zero” (Germania anno zero, 1948), talvez uma de suas produções mais sombrias. Completamos com outros filmes importantes do diretor e passamos por suas principais colaborações com a atriz  Ingrid Bergman.

Trilha Sonora: Trilhas Compostas para os filmes discutidos neste episódio.
Duração: Aprox. 1 h e 52 min.

VÍDEOS QUE COMPLEMENTAM ESTE EPISÓDIO

Alexandre Cataldo explora “Roma”.
Scorsese fala sobre os filmes da trilogia.
Video sobre Roma, Cidade Aberta.
Trailer de Paisà.
Scorsese introduz “Alemanha Ano Zero”.

Um comentário sobre “PODCAST: Episódio #130 – Roberto Rossellini

  1. Trilogia da guerra vi apenas Roma cidade aberta e Alemanha ano zero.
    Vi Viagem à Itália.
    Rosselini é considerado o pai do Neo-Realismo embora o Visconti tenha iniciado antes de Roma cidade aberta.
    Mesmo com o escândalo na relação com Ingrid Bergman rendeu filmes interessantes e entre essas a filha Isabella que virou atriz.
    Creio que Rosselini e De Sicca foram os que mais tempo fizeram filmes do Neo-Realismo.

    Curtir

Deixe aqui sua opinião sobre isso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s