PODCAST: Episódio #115 – Metropolis

Fred e Alexandre visitam o futuro e encontram na masmorra os podcasters Marcos Noriega e Angélica Hellish (ambos do “Masmorra Cine”) para bater um papo sobre um dos filmes de ficção-científica mais influentes da sétima arte. Falamos é claro do clássico absoluto de Fritz Lang intitulado “Metrópolis” (Metropolis, 1927). Fred e Alexandre visitam o futuro e encontram na masmorra os podcasters Marcos Noriega e Angélica Hellish (ambos do “Masmorra Cine”) para bater um papo sobre um dos filmes de ficção-científica mais influentes da sétima arte. Falamos é claro do clássico absoluto de Fritz Lang intitulado “Metrópolis” (Metropolis, 1927).

Anúncios

PODCAST: Episódio #114 – Powell & Pressburger

Chegou a hora de acertar o alvo com mais uma filmografia de respeito e dessa vez Alexandre e Fred convocam Willian de Andrade para discutir a obra de Michael Powell e Emeric Pressburger. Na década de 40, foram responsáveis por alguns dos grandes clássicos britânicos, como “Coronel Blimp: Vida e Morte” (The Life and Death of Colonel Blimp, 1943), “Neste Mundo e no Outro” (A Matter of Life and Death, 1946), “Narcisso Negro”(Black Narcisuss, 1947) e “Os Sapatinhos Vermelhos” (The Red Shoes, 1948). 

PODCAST: Episódio #113 – Os Filmes de John Ford – Parte 1

Fred e Alexandre partem para mais um desafio: tratar a obra de John Ford, talvez o diretor americano mais influente do cinema e para isso convocam o crítico do Blog “Palavras de Cinema”, Rafael Amaral.  Ford deixou um verdadeiro legado para a sétima arte, com grandes filmes como o seminal “O Cavalo de Ferro” (The Iron Horse, 1924), tratado mais a fundo neste áudio.  Clássicos como “O Delator” (The Informer, 1935), “A Mocidade de Lincoln” (Young Mr. Lincoln, 1939) e “As Vinhas da Ira”(Grapes of Wrath, 1940) também são abordados com mais carinho neste episódio, o primeiro de uma série de três.

PODCAST: Episódio #112 – Um Estranho no Ninho

Alexandre e Fred se internam num hospital psiquiátrico onde encontram o músico Pedro Bizelli e debatem um grande clássico da década de 70, o tocante filme de Milos Forman, “Um Estranho no Ninho” (One Flew Over The Cuckoo’s Nest, 1975). Produzido por Michael Douglas e Saul Zaentz e estrelado por Jack Nicholson e Louise Fletcher, o filme rejeitado pelos grandes estúdios e realizado através de produção independente, foi baseado no best seller homônimo de Ken Kesey e pegou os críticos de surpresa, se tornando um grande sucesso de público daquele ano.

PODCAST: Episódio #111 – Os Filmes de Kenji Mizoguchi – Parte Final

Pela terceira e última vez, Fred e Alexandre convocam o crítico e montador Raphael Cubakowic para fechar a série de episódios tratando do diretor japonês Kenji Mizoguchi. O áudio desta vez traz os sete últimos filmes da carreira do mestre, mas o destaque fica por conta de três excelentes filmes da carreira de Mizoguchi:  “Intendente Sansho” (Sanshô Dayû, 1954), “Os Amantes Crucificados” (Chikamatsu monogatari, 1954) e “Rua da Vergonha” (Akasen chitai, 1956), último filme do cineasta.

PODCAST: Episódio #110 – Dicas Triplas do PFC #10

Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade trazem novas indicações de ótimos filmes para nossos ouvintes. O Episódio começa com o clássico de Joseph Losey, “O Criado” (The Servant, 1963), segue com o Western Spaghetti de Sergio Corbucci, “O Vingador Silencioso” (Il Grande Silenzio, 1968) e termina com o muitas vezes esquecido filme de François Truffaut, “O Homem Que Amava as Mulheres” (L’homme qui aimait les femmes, 1977).

PODCAST: Episódio #109 – Os Filmes de Kenji Mizoguchi – Parte 2

Mais uma vez Alexandre e Fred se reúnem com o crítico e montador Raphael Cubakowic para conversar sobre a carreira do diretor japonês Kenji Mizoguchi. Nesta oportunidade o trio discute filmes importantes do final dos anos 40 e início dos 50, período prolífero na filmografia de Mizoguchi, com filme como “Mulheres da Noite” (Yoru no onnatachi, 1948), “Senhorita Oyu” (Oyû-sama, 1951) e um dos filmes mais importantes deste período, “Oharu, A Vida de Uma Cortesã” (Saikaku ichidai onna, 1952). 

PODCAST: Episódio #108 – O Planeta dos Macacos

Alexandre e Fred convidam o professor de cinema Fábio Rockenbach para embarcar numa nave e explorar “O Planeta dos Macacos” (Planet of the Apes, 1968) clássico americano da década de 60 com um dos finais mais icônicos da sétima arte. Dirigido por Franklin J. Schaffner e produzido na Fox por Arthur P. Jacobs, o romance do francês Pierre Boulle ganhou vida com Charlton Heston, Roddy MacDowall e Kim Hunter nos papéis principais.  Embarque nesse episódio com o PFC!

PODCAST: Episódio #107 – Jean Renoir

Fred e Alexandre recebem o jornalista e blogger Rafael Amaral (Palavras de Cinema) para um animado bate-papo sobre um dos diretores franceses mais influentes de seu tempo. Renoir começou no cinema mudo e fez uma ótima passagem ao falado, quando lançou três de seus maiores filmes, abordados mais a fundo neste episódio: “A Grande Ilusão” (La Grande Illusion, 1937), “A Besta Humana” (La Bête Humaine, 1938) e “A Regra do Jogo” (La Règle du Jeu, 1939). 

PODCAST: Episódio #106 – Os Filmes de Kenji Mizoguchi – Parte 1

Alexandre e Fred trazem para este episódio o montador e crítico Raphael Cubakowic para dar início a uma série de três episódios que tratarão da filmografia de um dos maiores diretores japoneses, Kenji Mizoguchi. Como de hábito, escolhemos alguns filmes para representar a obra deste diretor no período discutido nessa primeira parte e assim passamos mais profundamente por “A Perdição de Osen” (Orizuru Osen, 1935), “As Irmãs de Gion” (Gion no shimai, 1936), “Crisântemos Tardios” (Zangiku monogatari, 1939) e “A Vingança dos 47 Ronins” (Genroku Chûshingura, 1941).