PODCAST: Episódio #63 – Tubarão

O episódio 63 do Podcast Filmes Clássicos chega em águas turbulentas, com Alexandre e Fred recebendo o cinéfilo Sergio Gonçalves e a apresentadora do canal do Youtube, “Luz, Câmera, Arte”, Rachel Rocha (primeira voz feminina a surfar nas ondas do PFC) que se juntam ao barco para nos ajudar com “Tubarão” (Jaws, 1975), o clássico de Steven Spielberg que catapultou a carreira de um dos mais bem sucedidos diretores americanos.

PODCAST: Episódio #62 – Os Filmes de Akira Kurosawa – Parte 1

Fred e Alexandre partem para o Japão onde começam uma saga de três episódios explorando a brilhante e influente filmografia do diretor nipônico Akira Kurosawa. Kurosawa-san teve sólida carreira por cerca de 50 anos e foi um dos responsáveis por abrir as portas do cinema asiático ao ocidente. Neste primeiro episódio começamos com “A Saga do Judô” (Sugata Sanshiro, 1943) e seguimos por mais 10 longas de Kurosawa, até o filme de 1950, Rashomon (Vencedor do Festival de Veneza e de um prêmio especial da Academia, antes que existisse a categoria de Oscar para filme estrangeiro).

PODCAST: Episódio #61 – A Ponte do Rio Kwai

Alexandre e Fred recebem de volta o cinéfilo Marcelo Rennó para discutir a produção do filme anglo-americano “A Ponte do Rio Kwai” (The Bridge on the River Kwai, 1957), o filme anti-guerra de David Lean que o tornou um diretor famoso fora do Reino Unido. Este, que é o primeiro épico do cineasta, faturou 7 Oscars da Academia e até hoje é considerado um dos grandes clássicos do cinema. Excelente direção, fotografia, roteiro, direção de arte, atuações soberbas e – principalmente – autenticidade são as principais características deste filmaço que agora consta da filmografia do Podcast Filmes Clássicos. Lembre-se de ouvir até o final, pois “há sempre o inesperado”!

PODCAST: Episódio #60 – Os Filmes de F. W. Murnau

Fred e Alexandre viajam até a Alemanha no Episódio 60 para tratar da obra de Fredrich Wilhelm Murnau, um dos grandes expoentes do cinema mundial, nome fundamental do expressionismo alemão e um dos maiores diretores do cinema mudo. F. W. Murnau fez clássicos como “Nosferatu – Uma Sinfonia do Horror” (Nosferatu, eine Symphonie des Grauens, 1922), “A Última Gargalhada” (Der letzte Mann, 1924), “Fausto” (Faust: Eine deutsche Volkssage, 1926) e “Tabu” (Tabu: A Story of the South Seas, 1931), todos estes tratados neste episódio. É dele também um dos filmes mais importantes do cinema mudo americano, “Aurora” (Sunrise: A Song of Two Humans, 1927).

PODCAST: Episódio #59 – Os Filmes de Luchino Visconti – Parte Final

Alexandre e Fred voltam a falar do cineasta Luchino Visconti, debatendo todos os filmes que restavam em sua carreira e passam por algumas de suas melhores obras, como “Rocco e Seus Irmãos” (Rocco e i suoi fratelli, 1960), “O Leopardo” (Il gattopardo, 1963), “Morte em Veneza” (Morte a Venezia, 1971) entre outras, como “Vagas Estrelas da Ursa”(Vaghe Stelle dell’Orsa, 1965) e “Os Deuses Malditos”(La Caduta Degli Dei, 1969).

PODCAST: Episódio #58 – Doze Homens e Uma Sentença

Episódio 58, no qual Alexandre e Fred são expulsos da sala do juri de “Doze Homens e Uma Sentença” e mesmo assim se encontram para conversar sobre o magnífico Twelve Angry Men, filmaço de 1957 que marcou a estreia no cinema do diretor americano Sidney Lumet. Indicado a três Oscars, “12 Homens” é até hoje um dos grandes clássicos do cinema e não poderia deixar de ser julgado pelo tribunal do Podcast Filmes Clássicos. Quer saber nosso veredito final? Escute mais este episódio de nosso cast…

PODCAST: Episódio #57 – A Malvada

No episódio 57, Fred e Alexandre retornam para caguetar tudo sobre a Eve, a personagem de Anne Baxter no clássico americano “A Malvada” (All About Eve, 1950) filmaço de 1950 dirigido por Joseph L. Mankiewicz e estrelado por Bette Davis em um de seus melhores papéis em Hollywood, como MArgo Channing, uma diva do teatro que tem sua posição cobiçada pela fã Eve Harrington. O longa é até hoje um dos recordistas em indicações ao Oscar, quando teve 14 oportunidades de faturar a estatueta. Independente do prestígio alcançado na época, “A Malvada” continua encantando novos cinéfilos por suas atuações e roteiro bem amarrado.

PODCAST: Episódio #56 – Gangsters: Os Clássicos

Os criminosos andam soltos no episódio 56 do Podcast Filmes Clássicos e Alexandre e Fred têm a missão de informar nossos ouvintes sobre o período mais produtivo do gênero, os chamados “filmes de gangsters”, que datam do final dos anos 20 e início dos 30. Trazemos uma coleção de clássicos desse subgênero do filme criminal, entre eles “Alma no Lodo” (Little Caesar, 1931), “Inimigo Público” (Public Enemy, também de 31), “Scarface – A Vergonha de uma Nação” (Scarface, 1932), “Anjos de Cara Suja” (Angels With Dirty Faces, 1938), “Heróis Esquecidos” (The Roaring Twenties, 1939) entre outros.

PODCAST: Episódio #55 – Os Filmes de Luchino Visconti – Parte 1

No episódio 55, Alexandre e Fred introduzem mais uma filmografia na lista de episódios do Podcast Filmes Clássicos, desta vez contando com a presença ilustre de Fernando Brito, curador da Versátil e profundo conhecedor do cinema italiano. O cineasta Luchino Visconti tem a primeira parte de sua obra dissecada neste episódio, que vai desde seu primeiro longa metragem, “Obsessão” (Ossessione, 1943) até o belíssimo “Noites Brancas” (Le Notti Bianche, 1957), película de maravilhosa fotografia assinada por Giuseppe Rotunno.