PODCAST: Episódio #117 – Dicas Triplas do PFC #11

Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade batem aquele papo sobre três filmes que consideram ótimas dicas para o cinéfilo de plantão. O episódio começa com o inesperado filme do egípcio Youssef Chahine, intitulado “Estação Central de Cairo” (Bab El Hadid, 1958), segue com o excelente filme de sequestro “Os Sicilianos” (Le clan des Siciliens, 1969), estrelado por Jean Gabin, Alain Delon e Lino Ventura e termina com um filme que se perde na ótima filmografia de Sidney Lumet, “Armadilha Mortal” (Deathtrap, 1982).  Os Spoilers guardamos para o fim do episódio.

Anúncios

PODCAST: Episódio #116 – Os Filmes de John Ford – Parte 2

Alexandre, Fred e o crítico Rafael Amaral tem um encontro marcado no O.K. Corral para debater outros grandes filmes da carreira do americano John Ford. Diretor dos mais influentes de seu tempo, Ford seguiu nos anos 40 entregando grandes clássicos do calibre de “Como Era Verde o Meu Vale” (How Green Was My Valley, 1941) e depois da guerra voltou ao western para fazer um dos grandes expoentes do gênero, “Paixão dos Fortes” (My Darling Clementine, 1946), terminando a década com dois filmes estrelados por John Wayne: “Sangue de Heróis” (Fort Apache, 1948) e “Legião Invencível” (She Wore a Yellow Ribbon, 1949).

PODCAST: Episódio #115 – Metropolis

Fred e Alexandre visitam o futuro e encontram na masmorra os podcasters Marcos Noriega e Angélica Hellish (ambos do “Masmorra Cine”) para bater um papo sobre um dos filmes de ficção-científica mais influentes da sétima arte. Falamos é claro do clássico absoluto de Fritz Lang intitulado “Metrópolis” (Metropolis, 1927). Fred e Alexandre visitam o futuro e encontram na masmorra os podcasters Marcos Noriega e Angélica Hellish (ambos do “Masmorra Cine”) para bater um papo sobre um dos filmes de ficção-científica mais influentes da sétima arte. Falamos é claro do clássico absoluto de Fritz Lang intitulado “Metrópolis” (Metropolis, 1927).

PODCAST: Episódio #114 – Powell & Pressburger

Chegou a hora de acertar o alvo com mais uma filmografia de respeito e dessa vez Alexandre e Fred convocam Willian de Andrade para discutir a obra de Michael Powell e Emeric Pressburger. Na década de 40, foram responsáveis por alguns dos grandes clássicos britânicos, como “Coronel Blimp: Vida e Morte” (The Life and Death of Colonel Blimp, 1943), “Neste Mundo e no Outro” (A Matter of Life and Death, 1946), “Narcisso Negro”(Black Narcisuss, 1947) e “Os Sapatinhos Vermelhos” (The Red Shoes, 1948). 

PODCAST: Episódio #113 – Os Filmes de John Ford – Parte 1

Fred e Alexandre partem para mais um desafio: tratar a obra de John Ford, talvez o diretor americano mais influente do cinema e para isso convocam o crítico do Blog “Palavras de Cinema”, Rafael Amaral.  Ford deixou um verdadeiro legado para a sétima arte, com grandes filmes como o seminal “O Cavalo de Ferro” (The Iron Horse, 1924), tratado mais a fundo neste áudio.  Clássicos como “O Delator” (The Informer, 1935), “A Mocidade de Lincoln” (Young Mr. Lincoln, 1939) e “As Vinhas da Ira”(Grapes of Wrath, 1940) também são abordados com mais carinho neste episódio, o primeiro de uma série de três.

PODCAST: Episódio #112 – Um Estranho no Ninho

Alexandre e Fred se internam num hospital psiquiátrico onde encontram o músico Pedro Bizelli e debatem um grande clássico da década de 70, o tocante filme de Milos Forman, “Um Estranho no Ninho” (One Flew Over The Cuckoo’s Nest, 1975). Produzido por Michael Douglas e Saul Zaentz e estrelado por Jack Nicholson e Louise Fletcher, o filme rejeitado pelos grandes estúdios e realizado através de produção independente, foi baseado no best seller homônimo de Ken Kesey e pegou os críticos de surpresa, se tornando um grande sucesso de público daquele ano.

PODCAST: Episódio #111 – Os Filmes de Kenji Mizoguchi – Parte Final

Pela terceira e última vez, Fred e Alexandre convocam o crítico e montador Raphael Cubakowic para fechar a série de episódios tratando do diretor japonês Kenji Mizoguchi. O áudio desta vez traz os sete últimos filmes da carreira do mestre, mas o destaque fica por conta de três excelentes filmes da carreira de Mizoguchi:  “Intendente Sansho” (Sanshô Dayû, 1954), “Os Amantes Crucificados” (Chikamatsu monogatari, 1954) e “Rua da Vergonha” (Akasen chitai, 1956), último filme do cineasta.

PODCAST: Episódio #110 – Dicas Triplas do PFC #10

Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade trazem novas indicações de ótimos filmes para nossos ouvintes. O Episódio começa com o clássico de Joseph Losey, “O Criado” (The Servant, 1963), segue com o Western Spaghetti de Sergio Corbucci, “O Vingador Silencioso” (Il Grande Silenzio, 1968) e termina com o muitas vezes esquecido filme de François Truffaut, “O Homem Que Amava as Mulheres” (L’homme qui aimait les femmes, 1977).

PODCAST: Episódio #109 – Os Filmes de Kenji Mizoguchi – Parte 2

Mais uma vez Alexandre e Fred se reúnem com o crítico e montador Raphael Cubakowic para conversar sobre a carreira do diretor japonês Kenji Mizoguchi. Nesta oportunidade o trio discute filmes importantes do final dos anos 40 e início dos 50, período prolífero na filmografia de Mizoguchi, com filme como “Mulheres da Noite” (Yoru no onnatachi, 1948), “Senhorita Oyu” (Oyû-sama, 1951) e um dos filmes mais importantes deste período, “Oharu, A Vida de Uma Cortesã” (Saikaku ichidai onna, 1952). 

PODCAST: Episódio #108 – O Planeta dos Macacos

Alexandre e Fred convidam o professor de cinema Fábio Rockenbach para embarcar numa nave e explorar “O Planeta dos Macacos” (Planet of the Apes, 1968) clássico americano da década de 60 com um dos finais mais icônicos da sétima arte. Dirigido por Franklin J. Schaffner e produzido na Fox por Arthur P. Jacobs, o romance do francês Pierre Boulle ganhou vida com Charlton Heston, Roddy MacDowall e Kim Hunter nos papéis principais.  Embarque nesse episódio com o PFC!