PODCAST: Episódio #105 – A Noite Americana

Fred, Alexandre e o músico Willian de Andrade trazem mais uma vez o cineasta François Truffaut para o Podcast dos Clássicos, mas desta vez o debate gira em torno de um dos filmes mais metalinguísticos já feitos e que melhor expressa a paixão de um cineasta por sua arte. “A Noite Americana” (La Nuit Américaine), lançado em 1973, é um prato cheio para cinéfilos e uma verdadeira declaração de amor de um dos realizadores mais influentes de seu tempo.

Anúncios

PODCAST: Episódio #104 – Dicas Triplas do PFC #9

As Dicas Triplas do PFC estão de volta! Alexandre e Fred recebem o músico Willian de Andrade para gravar mais um episódio da série e os filmes escolhidos nesta ocasião são o ótimo film noir “Do Lodo Brotou uma Flor” (Ride The Pink Horse, 1947), o clássico do terror inglês “Os Inocentes” (The Innocents, 19610) e o excelnte filme do indiano Satyajit Ray, “A Esposa Solitária” (Charulata, 1964).

PODCAST: Episódio #102 – O Mágico de Oz

Alexandre, Fred e Sergio retornam em 2019 trazendo nosso primeiro episódio do ano e acrescentando outro clássico inesquecível na lista de áudios do Podcast Filmes Clássicos: “O Mágico de Oz” (The Wizard of Oz), produção da MGM de 1939 e que no ano corrente completa 80 anos encantando gerações inteiras de cinéfilos. Este foi mais um projeto cercado de adversidades, dezenas de roteiristas e uma coleção de diretores (Victor Fleming ficou com o crédito oficial), mas que mesmo assim se tornou um musical único e duradouro, o maior sucesso da carreira de Judy Garland e diversão garantida para crianças e adultos. Siga o PFC pela estrada dos tijolos amarelos enquanto procuramos Dorothy e seus amigos que estão em busca do Mágico de Oz! 

PODCAST: Episódio #101- Ben-Hur

Alexandre e Fred encontram o blogger Rafael Amaral (do Palavras de Cinema) nas galés de uma navio romano e juntos fogem para terra firme, onde acabam envolvidos numa corrida de quadrigas em um dos maiores vencedores do Oscar de todos os tempos, o excelente “Ben-Hur” (1959). O colossal clássico de William Wyler levou para casa 11 estatuetas e até hoje é um dos remakes de maior êxito na história do cinema, se tornando um filme fundamental para salvar o estúdio que o produziu, a Metro-Goldwyn-Mayer (MGM). 

PODCAST: Episódio #99 – Deus e o Diabo na Terra do Sol

Alexandre, Fred e Willian entram para o bando de Corisco e “não se entregam, não” mesmo depois de serem confrontados por Antônio das Mortes em “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, o clássico nacional do controverso Gláuber Rocha e um dos marcos absolutos do Cinema Novo brasileiro.   Lançado em 1964, o longa fez carreira internacional e chamou a atenção no Festival de Cannes, trazendo os olhos do mundo para o movimento cinematográfico que estava se consolidando em nosso país na época. Cineastas como Fritz Lang e Martin Scorsese reconheceram no cinema de Gláuber a honestidade e qualidade de seu discurso imagético e revelaram ter sido influenciados por alguns de seus longas. 

PODCAST: Episódio #98 – O Homem-Mosca

Fred e Alexandre escalam o mais alto dos prédios para encontrar a vlogger Nadja Mykaela (do Canal “Voltando aos Clássicos”) e juntos os três conversam sobre um dos maiores sucessos de bilheteria dos anos 20 nos Estados Unidos, o filme “O Homem-Môsca” (Safety Last!, 1923), protagonizado pelo chamado terceiro gênio da comédia, Harold Lloyd. Já fizemos Charles Chaplin em “Luzes da Cidade”, Buster Keaton em “A General” e agora chegou a vez de Harold Lloyd neste clássico da chamada Silent Era de Hollywood, fechando uma trilogia sobre os gênios da comédia americana.

PODCAST: Episódio #97 – Apocalypse Now

Alexandre, Fred e Willian de Andrade atacam mais um filme, desta vez o clássico de Francis Ford Coppola, “Apocalipse” (Apocalypse Now, 1979). Nos embrenhamos na mata vietnamesa para confrontar um dos filmes mais difíceis de serem produzidos, que quase deixou – literalmente – seu cineasta à beira da loucura e da falência.  Com um elenco que inclui Marlon Brando, Martin Sheen, Robert Duvall e Dennis Hopper este épico de guerra, baseado livremente na obra de Joseph Conrad (Heart of Darkness), é até hoje um dos melhores filmes de guerra já feitos e portanto um sério candidato a virar um clássico do PFC.

PODCAST: Episódio #95 – A General

Alexandre e Fred convocam o podcaster Marcos Noriega (Masmorra Cine) para embarcar numa viagem de locomotiva para os tempos da guerra civil americana. O tom no entanto é de comédia, quando debatemos mais um excepcional filme, cultuado por cineastas como Orson Welles.  A obra-prima de Buster Keaton, “A General” (The General, 1926) chega soltando fumaça na estação do Podcast Filmes Clássicos, dando sequência – ainda este ano – numa trinca de grandes filmes que envolvem os chamados gênios da comédia muda. Realizado com um dos maiores orçamentos do período, esta fantástica comédia de Keaton não fez muito sucesso quando foi lançado, mas como sua locomotiva-título, ganhou momentum ao longo dos tempos para se tornar um dos mais celebrados filmes da era muda do cinema de Hollywood.

PODCAST: Episódio #93 – Luzes da Cidade

Já era tempo! Sergio Gonçalves se junta a Fred e Alexandre para falar de um dos gênios incontestáveis do cinema mundial.  Pela primeira vez o Podcast Filmes Clássicos discute um filme de Charles Chaplin, e não qualquer longa, mas aquele que o próprio diretor considerava o seu favorito: “Luzes da Cidade” (City Lights).  Quando lançou oficialmente sua película, o evento ficou para a história como uma das maiores premières do período e o filme até hoje é celebrado como um clássico inesquecível e por muito tempo foi adorado por cineastas como Jean Renoir, Orson Welles, Woody Allen, Martin Scorses, Andrei Tarkovski e tantos outros.  

PODCAST: Episódio #91 – Sindicato de Ladrões

No episódio 91, Alexandre e Fred se infiltram nas docas de Hoboken, junto do músico Pedro Bizelli, e começam a investigar uma série de ocorrências que fizeram de “Sindicato de Ladrões” (On The Water Front, 1954) um dos grandes filmes já produzidos em solo americano.  Dirigido pelo excelente Elia Kazan, o filme é estrelado por Marlon Brando, Eva Marie Saint, Karl Malden, Rod Steiger e Lee J. Cobb e até hoje é estudado como um dos melhores produtos da escola de atuação conhecida como “O Método”.