PODCAST: Episódio #61 – A Ponte do Rio Kwai

Alexandre e Fred recebem de volta o cinéfilo Marcelo Rennó para discutir a produção do filme anglo-americano “A Ponte do Rio Kwai” (The Bridge on the River Kwai, 1957), o filme anti-guerra de David Lean que o tornou um diretor famoso fora do Reino Unido. Este, que é o primeiro épico do cineasta, faturou 7 Oscars da Academia e até hoje é considerado um dos grandes clássicos do cinema. Excelente direção, fotografia, roteiro, direção de arte, atuações soberbas e – principalmente – autenticidade são as principais características deste filmaço que agora consta da filmografia do Podcast Filmes Clássicos. Lembre-se de ouvir até o final, pois “há sempre o inesperado”!

Anúncios

PODCAST: Episódio #55 – Os Filmes de Luchino Visconti – Parte 1

No episódio 55, Alexandre e Fred introduzem mais uma filmografia na lista de episódios do Podcast Filmes Clássicos, desta vez contando com a presença ilustre de Fernando Brito, curador da Versátil e profundo conhecedor do cinema italiano. O cineasta Luchino Visconti tem a primeira parte de sua obra dissecada neste episódio, que vai desde seu primeiro longa metragem, “Obsessão” (Ossessione, 1943) até o belíssimo “Noites Brancas” (Le Notti Bianche, 1957), película de maravilhosa fotografia assinada por Giuseppe Rotunno.

Resenha #63 – Homens no Fundo (Uomini sul Fondo, 1941)

Este filme, dirigido por Francesco De Robertis, acompanha as tentativas de resgate de um submarino italiano, o A-303, e de sua tripulação.  Após um incidente durante um treinamento militar, acaba impossibilitado de emergir e a tripulação corre risco, já que o suprimento de oxigênio irá durar por apenas mais 30 horas. Rodado entre 1939 e 1940…

PODCAST: Episódio #42 – Os Filmes de Billy Wilder – Parte 2

No episódio 42, Alexandre e Fred retornam à filmografia do mestre Billy Wilder para concluir a segunda parte de uma série de três episódios. Desta vez focamos a década de 50 e passamos por oito filmes do diretor, explorando mais profundamente o clássico film noir “A Montanha dos Sete Abutres” (Ace in the Hole, 1951), um dos maiores sucessos de bilheteria do diretor, chamado no Brasil de “Inferno Nº 17” (Stalag 17, 1953), o engenhoso “Testemunha da Acusação” (Witness for the Prosecution, 1957), que foi adaptado de uma peça de Agatha Christie e o hilário “Quanto Mais Quente Melhor” (Some Like It Hot, 1959), considerado uma das melhores comédias do cinema.

Resenha #41 – Feras Que Foram Homens (Three Came Home, 1950)

Um bonito filme, baseado no livro autobiográfico da escritora americana Agnes Newton Keith, que vivia na ilha de Bornéu e foi feita prisioneira dos japoneses, juntamente com seu filho, por vários anos durante a Segunda Guerra Mundial.   Dirigido pelo competente Jean Negulesco (o mesmo realizadfor dos excelentes “Acordes do Coração” e “Johnny Belinda”), o…

PODCAST: Episódio #34 – Os Filmes de Masaki Kobayashi

Alexandre e Fred se juntam mais uma vez e passam por todos os 22 filmes do diretor Masaki Kobayashi, porém se aprofundam em quatro ótimos filmes que se destacam na carreira dele: a trilogia “Guerra e Humanidade” (Ningen no Jôken, 1959/1961), sua obra-prima, “Harakiri” (Seppuku, 1962), seu primeiro filme a cores, “As 4 Faces do Medo” (Kaidan, 1964) e o ótimo chambara com Toshirô Mifune, “Rebelião” (Jôi-uchi: Hairyô tsuma shimatsu, 1967).

Resenha #19 – Vá e Veja (Idi i Smotri / Come and See, 1984)

Resolvi conferir este filme, motivado pelo seu excelente ranqueamento entre os filmes de guerra, no site IMDB (vulgarmente chamada de “a bíblia do Cinema”). E, apesar de ser um filme virtualmente desconhecido, é realmente um excelente filme. O filme tem alguma semelhança com “Sem Novidades no Front”, por ter uma clara mensagem anti-belicista, contada através da…

PODCAST: Episódio #27 – Dicas Triplas do PFC #1

Fred, Sergio e Alexandre voltam no episódio #27 para inaugurar uma série de áudios que se propõe a servir como dica para nossos ouvintes. Esta é a primeira entrada da série que trará sempre três indicações de filmes (um por cada participante) que consideramos que deveriam ser mais conhecidos pelos cinéfilos em geral. Neste episódio os filmes abordados são “O Jardim dos Finzi-Contini”, “Planeta Proibido” e “A Batalha de Argel”.

PODCAST: Episódio #22 – Os Três C’s de Kalatozov

Este é o episódio #22, onde Alexandre, Sergio e Fred se aventurarem em três grande produções do cinema soviético das décadas: “Quando voam as cegonhas”, “A carta que não se enviou” e “Eu sou Cuba”, três filmes dirigidos por Mikhail Kalatozov e fotografados por Serguei Urusevski. São exemplos de grandes filmes produzidos pelo cinema russo que não pertencem ao período da famosa escola de montagem russa, mas que ainda assim possuem incontestáveis qualidades no plano técnico e se apresentam como três ótimos filmes que todos os cinéfilos deveriam conhecer.