PODCAST: Episódio #136 – Dicas Triplas do PFC #14

Fred e Alexandre trazem mais um convidado para o “Dicas Triplas”, o founding father Sergio Gonçalves. O trio debate sobre três ótimos filmes de diversas nacionalidades dentro do continente americano: “Noite Vazia” (1964) do brasileiro Walter Hugo Khouri, “O Enigma de Andrômeda” (The Andromeda Strain, 1971) de Robert Wise e por fim, encerramos o áudio com o filme argentino de Luis Puenzo, “A História Oficial” (La Historia Oficial, 1985).  Como de costume, guardamos os spoilers só para o final deste episódio.

PODCAST: Episódio #132 – Limite

Alexandre e Fred encontram o músico Pedro Bizelli no cais do porto e juntos embarcam numa canoa pra ficar no mar à deriva conversando sobre “Limite”, único longa metragem dirigido por Mário Peixoto, mas que se tornou um dos filmes mais aclamados dentro do Brasil e internacionalmente também. Por esforço de vários, o filme passou por pelo menos dois grandes processos de restauração que mantiveram intacta a maioria dos frames deste grande clássico nacional e hoje chega ao Podcast Filmes Clássicos.

PODCAST: Episódio #123 – Dicas Triplas do PFC #12

No último episódio de 2019, Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade trazem três presentes de natal para nossos ouvintes, pois é hora mais uma vez do Dicas Triplas do PFC. Começamos este bate papo nos Estados Unidos, com um dos grandes filmes de Ernst Lubitsch: “Ser ou Não Ser” (To Be Or Not To Be, 1942). Seguimos com um dos grandes clássicos do cinema brasileiro, o filme de Luiz Sérgio Person “São Paulo, Sociedade Anônima” (1965) e encerramos o ano na Itália, mais precisamente com Ettore Scola e um filme não muito lembrado em sua filmografia: “Nós Que Nos Amávamos Tanto” (C’eravamo tanto amati, 1974).

PODCAST: Episódio #99 – Deus e o Diabo na Terra do Sol

Alexandre, Fred e Willian entram para o bando de Corisco e “não se entregam, não” mesmo depois de serem confrontados por Antônio das Mortes em “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, o clássico nacional do controverso Gláuber Rocha e um dos marcos absolutos do Cinema Novo brasileiro.   Lançado em 1964, o longa fez carreira internacional e chamou a atenção no Festival de Cannes, trazendo os olhos do mundo para o movimento cinematográfico que estava se consolidando em nosso país na época. Cineastas como Fritz Lang e Martin Scorsese reconheceram no cinema de Gláuber a honestidade e qualidade de seu discurso imagético e revelaram ter sido influenciados por alguns de seus longas. 

PODCAST: Episódio #79 – O Assalto ao Trem Pagador

Chegamos ao episódio 79, onde Fred e Alexandre contratam Marcos Noriega (do Podcast Masmorra Cine) para ajudá-los a solucionar “O Assalto ao Trem Pagador”, filme nacional dirigido por Roberto Farias e lançado em 1962. Os investigadores do Podcast Filmes Clássicos fazem de tudo para se aprofundar nesta produção brasileira que em muito lembra os melhores filmes policiais americanos do subgênero “filme de assalto”.  Estrelado por Reginaldo Farias, Eliezer Gomes, Luiza Maranhão e Grande Othelo, este clássico brazuca venceu a prova do tempo e por isso mesmo recebe merecidamente esta homenagem em áudio do PFC.  

Resenha #52 – Na Garganta do Diabo (1960)

Ambientado durante a Guerra do Paraguai e filmado em locação às margens das Cataratas do Iguaçu, este raro longa-metragem de Walter Hugo Khouri, se não tem a qualidade e intensidade do ótimo “Noite Vazia”, de 1964, pelo menos já indicava uma trajetória naquela direção, inclusive no sentido de explorar a sensualidade e presença de tela…

PODCAST: Episódio #33 – O Pagador de Promessas

Alexandre, Fred e Sergio revisitam um grande filme brasileiro, o longa nacional mais premiado internacionalmente e até hoje único filme da América Latina a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes: O Pagador de Promessas, de 1962. Dirigido pelo então galã Anselmo Duarte, foi a estréia de Leonardo Villar e Glória Menezes no cinema e lançou também a carreira de importantes atores como Othon Bastos, Geraldo Del Rey e Antônio Pitanga.