PODCAST: Episódio #153 – Dicas Triplas do PFC #18

Voltamos com mais uma trinca de produções cinematográficas: é o “Dicas Triplas do PFC #18”, na ocasião, Fred e Alexandre recebem o cinéfilo Marcelo Rennó para mais um bate-papo sobre cinema, desta vez com três filmes bastantes desconhecidos, o longa americano de Sam Wood, “Nossa Cidade” (Our Town, 1940), o britânico do subestimado Anthony Asquith, “Nunca Te Amei” (The Browning Version, 1951) e o brasileiríssimo filme de Roberto Farias, “Selva Trágica” de 1964. Como sempre reservamos o final do episódio para tratar dos Spoilers.

PODCAST: Episódio #152 – Cinzas no Paraíso

Temos crossover no PFC! Alexandre e Fred recebem os integrantes do Podcast “Cinefilia & Companhia”, Hugo Harris e Juliana Varella, para um bate papo sobre o segundo filme do americano Terrence Malick, o belíssimo “Cinzas no Paraíso” (Days of Heaven, 1978). O filme foi fotografado por dois excelentes diretores de fotografia do período e o resultado é uma festa para os olhos, conduzida pela narrativa muitas vezes fragmentada do roteiro original de Malick. Ao mesmo tempo que sua história se relaciona com o clássico filme de época americano, a linguagem de Malick dialoga mais com as práticas da Nova Hollywood, o que torna este filme diferente de muitos outros de seu período.

PODCAST: Episódio #151 – Os Filmes de Orson Welles – Parte 1

Alexandre e Fred recebem o crítico Rafael Amaral (Blog “Palavras de Cinema”) para dar início a mais um filmografia no Podcast Filmes Clássicos.  Estava mais que na hora de abordarmos um dos diretores mais influentes de todos os tempos. Inovador, contestador, ousado, gênio: o americano Orson Welles inicia sua carreira em Hollywood com controle total sobre a produção de Cidadão Kane, mas o que se segue é uma recorrente queda de braço entre Welles e os produtores de seus próximos filmes. Para contar esta história e muitas outras, escolhemos os filmes “Soberba” (The Magnificent Ambersons, 1942), “A Dama de Shanghai” (The Lady From Shanghai, 1947), “Macbeth” (Macbeth, 1948) e “Otelo” (The Tragedy of Othello: The Moor of Venice, 1952). 

PODCAST: Episódio #150 – Accattone, Desajuste Social

Alexandre e Fred se juntam ao jornalista e cinéfilo Tony Vendramini para conversar sobre algo inédito no Podcast Filmes Clássicos: um filme dirigido por Pier Paolo Pasolini. Um dos diretores italianos mais aclamados de seu país, Pasolini nunca foi nem pretendeu ser unanimidade, muito pelo contrário, sempre andou cercado de polêmicas e de censores de suas obras, tenham sido elas escritas ou filmadas. O filme que escolhemos para representar sua obra é o seu longa-metragem de estreia, “Accattone, Desajuste Social” (Accatone, 1961), que ele mesmo foi bastante perseguido pela censura na Itália.

PODCAST: Episódio #147 – Dicas Triplas do PFC #17

Chegando no seu feed de filmes clássicos mais uma trinca de produções cinematográficas: é o “Dicas Triplas do PFC #17” com Fred, Alexandre e o músico Willian de Andrade em mais um bate-papo sobre cinema, desta vez  com o longa americano de estreia de Mike Nichols, “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?” (Who’s Afraid of Virginia Woolf?, 1966), a dupla de filmes suecos de Jan Troell, “Os Emigrantes/O Preço do Triunfo” (Utvandrarna/Nybyggarna, 1971-1972) e o terror inglês do cineasta Nicholas Roeg, “Inverno de Sangue em Veneza” (Don’t Look Now, 1973). Os Spoilers ficam pro final do episódio.

PODCAST: Episódio #145 – Jacques Becker

Alexandre e Fred trazem o professor da Universidade de Passo Fundo, Fábio Rockenbach, para debater a obra do diretor francês Jacques Becker. Chamado de “cineasta de transição” entre dois períodos importantes do cinema na França, Becker nos deixou uma carreira de poucos filmes, mas muitos deles relevantes, como os três que trouxemos como alicerce para este episódio: “Amores de Apache” (Casque D’Or, 1952), “Os Amantes de Montparnasse” (Les Amants de Montparnasse, 1959) e “A Um Passo da Liberdade” (Le Trou, 1960). Aprendiz de Jean Renoir e inspiração para Godard e Melville, este grande realizador ainda fez “Grisbi, Ouro Maldito”.

PODCAST: Episódio #144 – Nashville

Tem mais filmaço no seu feed de áudio sobre filmes clássicos! Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade se encontram na meca da música country americana para tentar a vida como um trio musical e acabam na sarjeta, debatendo sobre um dos grandes filmes da obra de Robert Altman, “Nashville” (Nashville, 1975). Um longa construído quase todo “ao vivo”, numa pegada muito documental, impressiona pelo roteiro e atuações inspiradas da totalidade dos atores que vestem seus 24 personagen. Gostar ou não de música country é irrelevante – se você gosta de cinema de qualidade, esta obra-prima é pra você ver, rever e ouvir sobre, então vamos ao nosso episódio!

PODCAST: Episódio #143 – Vítimas da Tormenta

Tony Vendramini, jornalista da Rede TV, se junta a Alexandre e Fred para debater um dos primeiros grandes filmes de Vittorio De Sica, “Vítimas da Tormenta” (Sciuscià, 1946), um clássico importantíssimo do neo-realismo italiano. Vencedor do primeiro prêmio honorário da Academia de Artes e Ciências Coinematográficas dado a um filme estrangeiro, a obra de De Sica nos comove com uma história de amizade entre dois meninos corrompida pelas mazelas da segunda guerra mundial.

PODCAST: Episódio #142 – Dicas Triplas do PFC #16

Três filmes, três países, três participantes e três dicas pra você cinéfilo no “Dicas Triplas do PFC” com Fred, Alexandre e Sergio Gonçalves se reunindo para debater “Anatomia de um Crime” (Anatomy of a Murder, 1959) um dos grandes filmes de Otto Preminger; “As Mãos Sobre a Cidade” (Le mani sulla città, 1963) drama político de Francesco Rosi; e “Veneno Para As Fadas” (Veneno Para Las Hadas, 1984), terror psicológico mexicano de Carlos Enrique Taboada.

PODCAST: Episódio #140 – David Lynch

Alexandre e Fred trazem dois grandes colaboradores do Podcast para discutir a carreira de um dos mais criativos cineastas americanos dos últimos tempos. Vamos adentrar o mundo bizarro, obscuro e interessantíssimo do artista David Lynch. O debate aborda a obra completa de Lynch, mas foca principalmente em três grandes longas do diretor: “Veludo Azul” (Blue Velvet, 1986), “Uma História Real” (The Straight Story, 1999) e “Cidade dos Sonhos” (Mulholland Dr., 2001), considerado por muitos sua obra-prima.