PODCAST: Episódio #60 – Os Filmes de F. W. Murnau

Fred e Alexandre viajam até a Alemanha no Episódio 60 para tratar da obra de Fredrich Wilhelm Murnau, um dos grandes expoentes do cinema mundial, nome fundamental do expressionismo alemão e um dos maiores diretores do cinema mudo. F. W. Murnau fez clássicos como “Nosferatu – Uma Sinfonia do Horror” (Nosferatu, eine Symphonie des Grauens, 1922), “A Última Gargalhada” (Der letzte Mann, 1924), “Fausto” (Faust: Eine deutsche Volkssage, 1926) e “Tabu” (Tabu: A Story of the South Seas, 1931), todos estes tratados neste episódio. É dele também um dos filmes mais importantes do cinema mudo americano, “Aurora” (Sunrise: A Song of Two Humans, 1927).

Anúncios

PODCAST: Episódio #31 – Aurora

Sergio, Alexandre e Fred debatem o que muitos consideram como um dos grandes filmes do cinema mudo, o clássico americano do diretor alemão F.W. Murnau, “Aurora”, de 1927. Realizado no final da era silenciosa do cinema, “Sunrise, A Song of Two Humans”, como se chamou em sua língua natal, é um perfeito exemplo de como os filmes estavam desenvolvidos em termos de linguagem cinematográfica às vésperas da grande virada tecnológica que mudaria para sempre a sétima arte: a invenção do cinema falado.