PODCAST: Episódio #176 – Vá e Veja

Alexandre e Fred recebem o grande cinéfilo e repórter da Rede TV, Tony Vendramini, para mais um bate-papo sobre cinema no Podcast Filmes Clássicos. Desta vez focamos no ótimo e impactante filme de Elem Klimov lançado em 1985 na União Soviética: “Vá e Veja” (Idi i smotri). Um duro retrato das atrocidades da guerra, o roteiro levou quase oito anos para ser liberado pela censura soviética da Goskino e depois de concluído, ganhou notoriedade como uma das experiências sensoriais no cinema que mais aproximou seus espectadores da realidade nefasta que um conflito armado pode criar. Um verdadeiro soco no estômago, deve ser apreciado com moderação e com preparo para o que se irá ver, ouvir e sentir.

PODCAST: Episódio #129 – Stalker

Fred e Alexandre levam para a “Zona” os podcasters Angélica Hellish e Marcos Noriega (Masmorra Cine) e lá entram no “quarto” para discutir Stalker, ficção científica de 1979 realizada pelo renomado diretor russo Andrei Tarkovsky.  O filme foi um dos poucos do diretor a escapar da censura soviética, mas se mostrou uma produção bastante complicada de ser concluída, por diversos motivos que você ficará sabendo ao ouvir nosso áudio. Considerado um dos filmes mais intrigantes da curta carreira de Tarkovsky, o longa também pode estar atrás da precoce morte do cineasta e de diveros membros da equipe de filmagem.

PODCAST: Episódio #122 – Cinema Documentário

O Podcast Filmes Clássicos se aventura num gênero pouquíssimo lembrado na podosfera brasileira: Fred, Alexandre e Marcelo Rennó discutem o “cinema documentário”, suas origens, seus tipos, subgêneros, contribuição para a sétima arte e ainda indicam uma penca de filmes para você que ainda não está apaixonado por esta modalidade de cinema.

PODCAST: Episódio #92 – Os Filmes de Sergei Eisenstein – Parte Final

O PFC volta com Alexandre, Fred e o músico Willian de Andrade para fechar a filmografia de Sergei Eisenstein, nesta segunda e última parte sobre a carreira do diretor. Começamos com “Que Viva, México!” (¡Que Viva Mexico!, 1932/1979) , depois seguimos com “Cavaleiros de Ferro” (Aleksandr Nevskiy, 1938) e concluímos o episódio com filmes que comporiam uma trilogia, mas acabou que só duas partes foram produzidas e distribuídas: “Ivan, O Terrível” (Ivan Groznyy, 1944) e “Ivan, O Terrível – Parte II” (Ivan Groznyy. Skaz vtoroy: Boyarskiy zagovor, 1958). Descubra um pouco mais sobre a vida e obra de um dos cineastas mais influentes do cinema e um dos pais da montagem moderna.

PODCAST: Episódio #90 – Os Filmes de Sergei Eisenstein – Parte 1

O cineasta da vez é Sergei Eisenstein e Fred e Alexandre convocam novamente o músico Willian de Andrade para discutir os filmes realizados pelo diretor soviético de maior renome mundial. Eisenstein se tornou uma lenda no cinema mundial com seu segundo filme, “O Encouraçado Potemkin” (Bronenosets Potemkin, 1925). Este clássico e outros que ele filmou entre 1925 e 1929 são discutidos aqui nesta primeira parte de dois episódios sobre Eisenstein: “A Greve” (Stachka, 1925), “Outubro” (Oktyabr, 1927) e “O Velho e o Novo” (Staroye i novoye, 1929), ao lado de “Potemkin”, foram projetos ousados, de alto cunho político mas também de caráter extremamente inovador como experiências de montagem.

PODCAST: Episódio #75 – Dicas Triplas do PFC #6

Depois de algum tempo voltamos a fazer o Dicas Triplas do PFC, neste que é o episódio de número 75. Alexandre e Fred partem para o sexto bate-papo onde indicam três ótimos filmes de nacionalidades diversas e que hoje são pouco lembrados entre os cinéfilos em geral. O nosso ouvinte frequente sabe que não precisa se preocupar com os “spoilers” neste tipo de episódio, pois estes são cuidadosamente separados para o final do episódio. Venha conosco conhecer e debater sobre mais alguns clássicos que o tempo não apagou! 

PODCAST: Episódio #69 – Solaris

Fred e Alexandre foram transportados para uma estação soviética no espaço, onde recebem a missão de analisar “Solaris” (Solyaris), ficção científica de 1972 realizada pelo renomado diretor russo Andrei Tarkovsky e até hoje considerado um de seus melhores filmes. Muitas vezes visto como uma resposta ao clássido de Stanley Kubrick, “2001, Uma Odisséia no Espaço”, o filme de Tarkovsky propõe outras reflexões e se preocupa em investigar o interior desconhecido do próprio ser humano, quando em contato com uma inteligência alienígena que não tem capacidade de compreender.

Resenha #19 – Vá e Veja (Idi i Smotri / Come and See, 1984)

Resolvi conferir este filme, motivado pelo seu excelente ranqueamento entre os filmes de guerra, no site IMDB (vulgarmente chamada de “a bíblia do Cinema”). E, apesar de ser um filme virtualmente desconhecido, é realmente um excelente filme. O filme tem alguma semelhança com “Sem Novidades no Front”, por ter uma clara mensagem anti-belicista, contada através da…

PODCAST: Episódio #22 – Os Três C’s de Kalatozov

Este é o episódio #22, onde Alexandre, Sergio e Fred se aventurarem em três grande produções do cinema soviético das décadas: “Quando voam as cegonhas”, “A carta que não se enviou” e “Eu sou Cuba”, três filmes dirigidos por Mikhail Kalatozov e fotografados por Serguei Urusevski. São exemplos de grandes filmes produzidos pelo cinema russo que não pertencem ao período da famosa escola de montagem russa, mas que ainda assim possuem incontestáveis qualidades no plano técnico e se apresentam como três ótimos filmes que todos os cinéfilos deveriam conhecer.